O Poço de Ryan



Ele só tinha seis anos quando a professora da primeira série falou do triste destino de crianças que viviam na áfrica empobrecida e devastada por doenças.
Ryan estremeceu ao saber que centenas de milhares de crianças africanas morrem todos os anos por beberem água contaminada.
A sua escola estava angariando fundos para a áfrica e ele soube que setenta dólares custeariam um poço.
Ao chegar em casa, pediu à mãe o dinheiro e disse porque precisava. A mãe sugeriu que ele fizesse tarefas extras para conseguir a quantia.
Pegou uma folha de papel e desenhou um diagrama contendo trinta e cinco linhas. Para cada dois dólares recebidos, Ryan preenchia uma linha e guardava o dinheiro numa lata vazia de biscoitos.
Começou aspirando o pó da sala, depois lavou as janelas. Seu avô lhe pagou dez dólares, cada saco de lixo que enchesse com as pinhas que caíam no quintal.
Num certo dia de abril de 1998, Ryan entregou a uma organização internacional a sua lata de biscoitos contendo setenta dólares.
A senhora diretora que o atendeu, agradeceu mas explicou que uma bomba manual custava setenta dólares, mas para perfurar um poço eram necessários quase dois mil dólares.
“Então vou trabalhar mais”, disse o menino. Os pais se envolveram e desencadearam uma campanha de doações.
Aos sete anos, Ryan conseguira juntar um pouco mais de setecentos dólares e a quantia que faltava foi completada pela agência de desenvolvimento internacional canadense.
Ryan e seus pais foram convidados para uma reunião com o representante de Uganda na “associação médicos canadenses para auxílio e assistência”, grupo que recolhia os fundos angariados e, com a ajuda dos habitantes das aldeias, construía e mantinha os poços.
Ryan foi abraçado pelo representante Shibru que confirmou ao menino que o poço poderia ser feito perto de uma escola, em um vilarejo ao norte de Uganda.
Mas falou que eram necessárias vinte pessoas trabalhando dez dias para construir um poço com um escavador manual. Uma perfuradora pequena custava vinte e cinco mil dólares.
Disposto a conseguir o dinheiro, o menino teve sua história publicada em um jornal canadense e em dois meses, tinha inspirado sete mil dólares em doações.
Já cursando a segunda série, Ryan e seus colegas de classe passaram a se corresponder com os meninos do vilarejo que seria beneficiado com o poço.
Enquanto isso, Ryan passava horas escrevendo cartas pedindo dinheiro a várias organizações. Finalmente, conseguiu a quantia devida para a compra do equipamento.
Em 27 de julho de 2000 um caminhão transportando Shibru, Ryan e seus pais, desceu a estrada de terra que levava ao pequeno vilarejo.
Cerca de 3 mil crianças aguardavam na beira da estrada, batendo palmas. Os líderes da aldeia receberam Ryan e o levaram até o poço, ao lado da horta da escola. Na base de concreto estava escrito:
Poço de Ryan. Construído por Ryan Hreljac. Para a comunidade da escola elementar.
Naquela noite, na cama, Ryan disse para sua mãe: “estou muito feliz.”
Terminou aquele dia inesquecível com a oração que fazia todas as noites: “desejo que todos na áfrica tenham água limpa.”
Pense nisso!
A fraternidade não conhece fronteiras e o amor desconhece limites.
Aprendamos com Ryan a pensar grande, a ir além. Quem poderia imaginar que um menino de seis anos poderia fazer tanto?
Permitamo-nos o contágio do bem, com essa vontade de auxiliar, com esse sentimento de se importar com o outro, mesmo que lhe desconheçamos o nome. Mesmo que só o que ele necessite seja de um copo de água limpa e fresca, para se manter vivo.

Texto de responsabilidade da equipe de redação do momento espírita, a partir do artigo “o poço de Ryan”, da revista Seleções do Reader’s Digest de dezembro2001



Dia das crianças



Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a ideia de "criar" o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.
Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes.
Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o sector de brinquedos no Brasil.
Fonte: Wikipédia
                                         
Tela de Ivan Cruz – Brincadeiras
www.brincadeirasdecrianca.com.br


A criança que vive em mim cumprimenta a criança que vive em você!

@->-Decifrando vendavais



O dia amanheceu e o sol começava emitir seus primeiros raios convidando os pardais a iniciarem sua rotina alegre e comunicativa procurando por comida. Ela também despertara, porém permaneceu imóvel na cama mergulhada em seus pensamentos. O cheiro de café vindo da cozinha a trouxe de volta à realidade, relutante, se encolheu entre os lençóis e observava cada detalhe dos objetos distribuídos no espaço de seu pequeno quarto. A dor era maior que  a vontade de viver, chorava silenciosamente.
Alguém bateu à porta e ela enxugou discretamente as lágrimas tentando esconder a tristeza que dilacerava sua alma. Seu filho lhe entregou um envelope que abriu bruscamente tomada pelo susto. Deu um salto da cama e foi  tomar banho, aprontou-se e saiu apressadamente levando consigo seu filho mais velho.
Calada com os olhos fixos no trânsito, seu coração batia aceleradamente e uma pergunta não saia de sua mente: quem poderia ter lhe enviado tal encomenda? Ligou o som do carro e pôs para tocar seu cd favorito. Respirava fundo e tentava não demonstrar tanta ansiedade por na presença de seu filho que ainda era uma criança e na entenderia o que está estava acontecendo. Acelerou um pouco mais e por fim chegou ao destino descrito no comunicado. Estacionou o carro, pegou a mão de seu filho e ambos seguiram para a portaria onde ela foi orientada de como proceder. Na sala seguinte um homem forte e simpático trajando colete preto e distintivo lhe entregou uma caixa e disse-lhe que era  norma da Policia Federal abrir tudo para inspeção. Ela perdeu o controle e chorou compulsivamente quando leu o nome do remetente. Saiu.
Em casa seu filho abriu a tal caixa e confuso diante do desespero de sua mãe que chorava e tremia descontroladamente disse: tem também um envelope...

-Dora Vitoriosa-

Lágrimas de Sunflowers







"Se Deus tivesse feito um homem para mim, quando pensou em um companheiro para cada ser, hoje eu colocaria a cabeça no colo do meu amor e pediria para dormir ali, quieta feito criança, que nunca se desaponta com o mundo, porque tudo está no lugar onde deve estar. Nada de carência, apenas vontade de me sentir amada uma vez". (Cleidimar Ribeiro).

*****************************

Hoje eu só queria dizer que o amor me faz falta. Sim, o teu amor me faz falta. Porventura não és tu a companhia que me foi destinada na minha partida do paraíso para a Terra? Se um dia souberes de minha existência, manda-me um sopro que minh'alma seguirá mundo afora até onde te encontrar (Iva McSir).


*****************************

Tua raiva e tua vontade de falar boca afora tudo o que sente não me machucam... é quando me ignoras que fere profundamente o meu coração e faz meu amor recuar feito menino que toca lâmina afiada num quarto solitário. (Iva McSir).


*****************************

E por que escolhi fugir e suplantar todo o meu sentir? Demasiadamente fugaz o corar da minha face diz que é por temer o constrangimento de tantos sofrimentos que ainda escritos nas linhas do mundo podem vir a cobrir as linhas do destino que me recuso a viver. Só tenho tentado saber do amor.   (Iva McSir).


*****************************



@->- Hoje



Invoquei os deuses para me ajudarem a compor um poema para ti. Roubei de Orfeu sua lira, porém, Bóreas impediu que as notas de minha canção rude chegassem aos teus ouvidos. Viajei no tempo na esperança de receber ajuda de quem cantara o amor sem igual: Homero...Camões...Byron e tantos outros da mesma estirpe - nenhum atendeu ao meu pedido suplicante. Em Hipocrene fui informada de que havias passado por lá, recuei pensativa...Certamente a uma musa inspiradora fora concedido o poder de embalar teu sono com uma linda canção de “Feliz Aniversário!”.

-Dora Vitoriosa-
08-07-2011

@->-Domingo surpresa



Acordo bem disposta se não fosse a vontade de continuar deitada mais alguns instantes, sonhar talvez. Levanto, abro a janela do meu quarto, percebo quão lindo está este dia de domingo. O Céu azul turquesa e o sol radiante formam um convite a um passeio pelas ruas tranquilas do meu bairro, tomo um banho apressada e saio; encontro amigos, recebo sorrisos afáveis e cumprimento a todos com um alegre e sonoro bom dia. No percurso encontrei o Sr. Antonio, um comerciante de meia idade que me faz dar gargalhadas com suas piadas engraçadas, faço algumas compras e retorno a casa com uma vontade louca de tomar café.
Meu aniversário está chegando, penso em tudo o que preciso organizar para recepcionar meus amigos mais próximos, há muito a ser planejado ainda. Hummm!... O café está uma delicia, eu mesma o fiz – não sei fazer outro melhor, lembro da listinha onde anoto todos os detalhes para que não haja falhas, vou procurá-la. De repente...
Me recuso  a acreditar no que vêem minhas retinas, um turbilhão de pensamentos invadem minha mente que fica inquieta, ofegante me jogo na cama, o coração pulsa aceleradamente e sou tomada pela certeza de estar sonhando imaginando estar acordada. Ouço vozes vindas da casa vizinha; estão falando sobre um alegre almoço em família, não estou sonhando. Ando pela casa, tomo mais café e relutante tento achar respostas para tal visão ou fruto de minha imaginação.
As dores no estômago aumentam – não tenho gastrite, as pernas tremem, não consigo organizar as idéias e as palavras soltas formam um solilóquio incompreensível para mim mesma. Tomo mais café, ando... Falo às paredes, não sei se vivo ou morro... Minhas retinas talvez fatigadas insistem na “MIRAGEM”. Preciso voltar ao ponto de partida; a listinha, preciso encontrá-la...

-Dora Vitoriosa-

Armas de sedução

Seduzir significa despertar o interesse do outro. Muitas mulheres já nascem com esse “dom”, e seduzem homens naturalmente, através do andar, do olhar, do jeito que fala. Porém, existem algumas mulheres que não possuem essa facilidade. Seja por falta de confiança ou por, simplesmente, não saber como reagir

Por isso, esse artigo tenta, através de algumas regrinhas, transformar mulheres em sedutoras em potencial. Leia com atenção, veja o que já faz e o que seria interessante que começasse a colocar no seu jeito de ser.

Lembre-se: as dicas que vamos relacionar têm a ver com atitudes, não com mudanças de princípio e caráter!

- Aumentar sua auto-confiança é fundamental, e normalmente, isso está relacionado com mudanças físicas. Não significa que você tem que ser uma modelo perfeita, mas tem que se amar como é… e se não ama, mude! Como fazer isso? Pense em um novo corte de cabelo, na perda de peso, roupas mais modernas, passar um lápis no olho, etc.

- Seja misteriosa e os homens que ouvirem sobre você, ficarão intrigados. Exemplo: se está saindo com um homem mais velho, não conte todos os detalhes. No lugar disso, diga que sim, você está saindo com alguém, mas não pode falar muito sobre isso. Esse tipo de mistério se torna mais interessante do que a verdade nua e crua. Gera curiosidade!

- Na hora de se vestir escolha roupas modernas, mas não exagere em decotes e saias curtas. Abuse de sensualidade, mas mostrando apenas uma pequena porção de pele. Deixe que o homem tenha o desejo de ver o resto.

- O modo de andar é a chave da atração sexual, foi revelado em uma pesquisa recentemente. Então muita atenção na sua postura! Ombros para trás, cabeça erguida, sempre olhando para frente. Essa postura passa confiança e te deixa com um corpo mais bonito.

- O tom de voz é outra chave da sedução. Portanto, nada de falar muito alto, nem muito nasal. O tom de voz mais atraente é o suave, calmo e num volume um pouco abaixo do normal.

- Quando estiver em uma balada, use e abuse do poder da dança. Como o andar, a dança é algo extremamente sedutor que uma mulher pode fazer… mas para isso, precisa saber dançar! Gaste um tempo aprendendo e vendo como as mulheres que você considera sensuais dançam. Lembre-se: o que separa a sensualidade da vulgaridade é uma linha muito tênue, portanto repare em comentários de amigos e na sua própria percepção. Só não tente ser sexy mexendo apenas os pezinhos!

- Ignorar o homem um pouco durante o processo de sedução é muito importante. Dando um espaço e tempo para ele pensar nas coisas boas que estão acontecendo entre vocês. Outra idéia que funciona muitas vezes é cancelar um encontro que vocês tinham marcado, pedindo sinceras desculpas. - Outra forma de mostrar interesse é tocar nele durante uma conversa. Esbarre sua mão moderadamente na mão ou nos ombros dele.

- Quando estiverem juntos, use estratégias para quebrar as barreiras físicas: ofereça a ele uma massagem, ou diga que está com sono e encoste a cabeça no ombro dele. Se ele for tímido, depois de uma aproximação dessas, saia da sala por um tempo deixando-o sozinho fantasiando o que pode acontecer quando você voltar.

- Assim como nós mulheres, os homens gostam de ouvir que você gosta dele. Diga que é muito bom quando ele te abraça e aproveite para aumentar a estima dele. Então, se ele não for enorme, diga como ele é forte e assim por diante.

Depois de tudo isso, aproveite para um beijo ardente e muito gostoso… recheado de desejo!

ATENÇÃO: Nem todos os homens podem ser seduzidos. Homens que são muito seguros de si mesmo ou que estão realmente felizes em uma relação, são praticamente impossíveis de serem seduzidos.


Fonte: site www.wikihow.com

Vinte dicas para conquistar um homem

Segundo a psicóloga Adriana Falcão Duarte, a conquista amorosa envolve a sintonia e afinidade entre as pessoas envolvidas. Para ela, os bons conquistadores são aqueles que conseguem atrair a pessoa desejada e iniciar uma relação.

Ainda de acordo com Adriana, as mulheres procuram usar o charme por meio de roupas, cabelos e perfumes, para se mostrarem atraentes e sensuais. Os homens geralmente usam o olhar, o charme e a aproximação.

A jornalista e astróloga Glória Britho, autora do livro Astrologia do Amor: Como conquistar um homem e mantê-lo apaixonado, explica que alguns gestos determinam o momento em que o outro se deixou fisgar: mulheres costumam passar as mãos pelos cabelos e jogar a cabeça de um lado para o outro, mordem os lábios, esboçando um leve sorriso. Já os homens esfregam as mãos, ou batem com os punhos fechados alternadamente nas palmas.

Para Glória, a espontaneidade é fundamental na hora da conquista, mas as mulheres devem evitar a intimidade excessiva na hora da sedução. "A sedução deve ser envolvida em uma aura de glamour que em nada combina com a realidade do dia-a-dia", afirma Glória.

"Na conversa é permitido falar um pouco sobre si mesmo, mas sem aprofundamento. No primeiro contato é preciso explorar mais para saber quem é o outro que tanto o atrai", declara a psicóloga Adrianda Falcão Duarte.

20 dicas para conquistar um homem

1) Freqüentar festas, clubes, teatro, cinemas, etc. Afinal, nestes ambientes sempre há um solteiro esperando por uma oportunidade para conhecer alguém

2) Quando encontrar alguém que tenha chamado sua atenção, localize o alvo e coloque-se no campo de visão da pessoa

3) É preciso estar com a aparência adequada para cada situação. Cuide sempre muito bem se si mesma

4) Seja espontânea, evite as caras e bocas. Nada é mais irritante do que alguém que parece um filme mexicano mal dublado

5) Evite a todo o custo a intimidade excessiva. A sedução deve ser envolvida em uma aura de glamour que em nada combina com a realidade do dia-a-dia

6) Evite perguntas muito íntimas do tipo: quanto você ganha? Seus pais são casados? Gostaria de casar e ter filhos? Qual a sua posição sexual preferida? Quantos parceiros sexuais você já teve?

7) Observe os sinais: gestos, posição corporal, o olhar. Não comece a conversar antes de sentir-se autorizado (a) para isso. Assim você evita um fora.

8) Na conversa é permitido falar um pouco sobre si mesmo, mas sem aprofundamento. No primeiro contato é preciso explorar mais para saber quem é o outro que tanto o atrai. Isso vai ajudá-lo a ter assuntos para um segundo encontro. A regra é ouvir mais e falar menos.

9) Sempre a voz grave é mais sensual. Treine em casa todas as variações de voz que você consegue atingir.

10) Bom-humor é essencial para qualquer tipo de relacionamento. Diante disso, procure cultivar aquele tom mais engraçado da sua personalidade, para encantar as pessoas e transformar situações que poderiam ser constrangedoras em boas oportunidades para rir de seus próprios defeitos

11) Fale de coisas agradáveis e elogie a pessoa a ser conquistada. Evite assuntos polêmicos como racismo, aborto, preconceito, religião e política

12) Excessos são mal vistos. Maquiagem, cores, barbas, perfumes. Fique com o "básico chic", aquele que agrada a gregos e troianos. Depois você descobre o estilo que ele prefere e investe fundo

13) Tenha auto-estima. Por isso, possua um bom discurso sobre si próprio. Dê importância a tudo o que faz. Seu trabalho, seus hobbies, sua vida pessoal, fale de tudo o que você vive e faz com muito respeito. Faça seu marketing pessoal

14) Tenha uma certa dose de insegurança. Ela pode ajudar

15) Não se preocupe se faltar assunto. Relaxe e dê um tempo. O silêncio faz parte do jogo. No começo o papo é mais frio. Afinal de contas, vocês mal se conhecem. Tenha paciência até esquentar o papo

16)Telefonemas são bem-vindos mas em horários e freqüências razoáveis. Cuidado para não ser vítima do celular, ligando para o seu pretendente a cada meia hora para falar abobrinhas

17) Seja amistosa. Fica mais fácil conquistar alguém quando você se coloca como amiga antes de tudo. Muita coisa pode acontecer, mas a amizade é um valor maior que qualquer outra situação

18) Não faça jogos do tipo: só ligo depois que ele ligar; só vou para a cama após cinco encontros, dois jantares, quinze cineminhas; O amor é natural, flui como a água e deve ser vivido com emoção

19) Recue. Muitas vezes, depois de investir muita energia na paquera, você percebe que a outra pessoa não está fazendo a parte dela. Você já deu todas as bandeiras, já fez tudo o que podia. Agora está na hora de ficar na sua

20) Se você gostou da pessoa tente não perdê-la de vista, trocando o telefone, por exemplo. Se não gostou, saia de fininho. Não é preciso fazer média, somente seja educada.

Serviço:

Adriana Falcão Duarte - Psicóloga e Psicopedagoga

Telefone: (11) 6197-7595

Glória Britho - jornalista e astróloga

E-mail: gb.gaia@globo.com

Livro: Astrologia do Amor: Como conquistar um homem e mantê-lo apaixonado (128 páginas)

Autora: Glória Britho

Editora: Jaboticaba

http://mulher.terra.com.br/interna/0,,OI1815476-EI4788,00.html

@->-Recomeçar sempre


Despir-nos de tudo que nos faz mal...
Arrancar a fogo e a ferro as inutilidades que nos impedem a evolução.
Fazer uma faxina na alma e deixar florescer apenas a plenitude, a essência, o belo.
Juntar os resquícios acumulados e fazer uma grande fogueira, deixar que o vento leve para bem distante o veneno atirado com as setas que nos feriram covardemente.
Deixar que os mortos enterrem seus mortos.
Restaurar o coração tornando-o livre e pronto para amar quantas vezes forem necessárias.
A covardia recua.
A coragem avança.
-Dora Vitoriosa-

@->-Fly, my soul...


Mesmo quando durmo minha alma encontra uma maneira de rasgar véus e céus para te encontrar...
“Na margem do Tejo minha alma sentou e chorou...(Parafraseando Paulo Coelho)”.

Quadrilha

João amava Teresa que amava Raimundo

que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili

que não amava ninguém.

João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,

Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,

Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes

que não tinha entrado na história.

(Carlos Drummond de Andrade)

Soneto 29 - William Shakespeare



Quando, malquisto da fortuna e do homem,

Comigo a sós lamento o meu estado,

E lanço aos céus os ais que me consomem,

E olhando para mim maldigo o fado;


Vendo outro ser mais rico de esperança,

Invejando seu porte e os seus amigos;

Se invejo de um a arte, outro a bonança,

Descontente dos sonhos mais antigos;


Se, desprezado e cheio de amargura,

Penso um momento em vós logo, feliz,

Como a ave que abre as asas para a altura,


Esqueço a lama que o meu ser maldiz:

Pois tão doce é lembrar o que valeis

Que está sorte eu não troco nem com reis.

@->-Sonho impossível...


Florbela Espanca vive em mim?
Byron...Neruda...Camões...
E você, quem é afinal?
Fácil resposta: Meu Sonho Impossível.
-Dora Vitoriosa-

@->- Estaticamente perplexa...


Estática vendo a banda passar tocando coisas de amor... Nem sempre podemos acompanhar o ritmo da dança sem par, portanto, em momentos semelhantes o melhor que fazemos é deixarmos o tempo agir com a sabedoria das águas...
-Dora Vitoriosa-

Apaixone-se

Apaixone-se pela manhã,

que em todos os dias te levanta com os pés firmes no chão.

Apaixone-se pelas canções,

que mesmo quando todos se calam,

elas ainda sussurram o refrão em seus ouvidos.

Apaixone-se pelo hoje,

que te faz respirar, enxergar, sentir, viver...

Apaixone por você,

pois não existirá ninguém melhor para se amar do que a si mesmo,

pois só descobrimos o que é amor,

quando nos apaixonamos primeiramente por nós mesmos.

Apaixone-se pela vida,

ela é o único presente que você diz que não pediu,

mas que jamais deseja perder.

Apaixone-se mil vezes pela mesma coisa,

se esse sentimento te faz crescer,

apaixone-se cada dia mais e mais.

O tempo vai passar,

e com ele você irá envelhecer...

E nessa rotina da vida,

nunca se esqueça...

Apaixone-se mil vezes por você,

seja em qual época ou lugar for...

APAIXONE-SE.

(Desconheço autor)

@->-Juntos no mundo de Morfeu




Não acordei como de costume. Caí da cama de onde fui brutalmente expulsa por tua ousadia quando sem licença invadiu o mundo de Morfeu para torturar-me com tua semi-presença. Como ave de rapina rasgas céus de volta ao teu habitat deixando-me entregue à dor de querer-te demasiadamente, my SD of F...
-Dora Vitoriosa-

Conto de fadas

Eu trago-te nas mãos o esquecimento

Das horas más que tens vivido, Amor!

E para as tuas chagas o ungüento

Como que sarei a minha própria dor.

Trago no nome as letras duma flor...

Foi dos meus olhos garços que um pintor

Tirou a luz para pintar o vento...

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,

O manto dos crepúsculos da tarde,

O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!

- Eu sou Aquela de quem tens saudade,

A princesa do conto: "Era uma vez..."

(Florbela Espanca)

@->-Volar...Volar...Volar...


Volar...Volar...Volar...
Es todo lo que tengo ahora.
- Yo te amo! Es lo que diria si tú estuvieras aqui.
"Pueden borrar mi memoria.
Pueden robarme tu historia,
pero nunca te olvidaré".
(Enrique Iglesias)





@->- Alma inquieta



Às vezes é necessário fazermos sangrar o coração para evitarmos uma dor ainda maior no futuro. Vou lembrar mais de mim a partir de hoje.
Recordo-me muito bem ter falado esta frase repetidas vezes na noite passada. Quase não dormi e acordei com péssimo humor por tamanha sofreguidão vivida em sonhos e principalmente acordada. Ora te odeio pra depois amar ainda muito mais. Vivo num emaranhado de sentimentos revoltos pelo simples fato de não poder tirá-lo dos meus pensamentos. Quem és tu afinal e que poder é esse que me faz pedir demissão de mim mesma? Não tenho mais controle, porém ainda mantenho os pés no chão para não cometer a loucura de gritar teu nome bem alto e assim correr o risco de o vento levar a mensagem e deixá-la no destino errado. Não posso ferir teu caminhar e mergulho na dor inexorável que dilacera minha alma.
Tal qual Ariadne dei-te o fio e espero-te aqui do lado de fora - Teu minotauro está dentro de ti mesmo - Toma minha mão ou segue teu caminho sem olhar para trás...
Beijo-te a alma!

De: minha amiga
Para: meu amigo
Existem amigos para os quais é quase impossível dizermos não. Minha amiga por saber que saber que meu amigo sempre visita meu blog me pediu para postar este “bilhete” que o faço com o maior carinho. Desejo aos dois mais juízo, afinal são duas pessoas de valor inestimável para mim.
-Dora Vitoriosa-

@->-Palhaço nosso de cada dia



Perdi o sono outra vez.Reflito sobre tanta coisa...Dentre elas a cena que tanto se repete no cotidiano... atrás das cortinas fechadas e luzes apagadas o palhaço já não rir. Os aplausos cessaram e a lágrima rola na face incrédula. E a criatura pensa na sorte, o quanto o destino lhe fora ingrato.A alma inexoravelmente ferida emite a chama da agonia de ser sempre o preterido.A pobre figura já não chora...Amanhã será um novo dia e com a maquiagem refeita ele cumprimenta a todos e beija gentilmente mão que lhe atirara a pedra no dia anterior. O ser humano vive na busca constante e desenfreada para conhecer o outro. Novas teorias vão surgindo a cada alvorecer, contudo, esquece de conhecer a si mesmo. Mergulhar no mais obscuro canto de sua alma, fazer emergir os defeitos e trabalhá-los de modo edificante. O espelho da alma é cruel, não mascara.

-Dora Vitoriosa-

@->-Eu só quis dizer...



Tenho vivido uma fase de muita introspecção, lendo mais que o habitual, revendo conceitos, eliminando mágoas e a cada hora que passa mais me conscientize de que amar e ser amado todo mundo quer, poucos conseguem e há ainda aqueles que desperdiçam o amor quando bate à sua porta por exigirem a perfeição – um amor idealizado. Não permitamos que as palavras fiquem presas no discurso patético
ensaiado no campo da falsa promessa. As ações falam por si e revelam a clareza do: Eu te amo!
Falo de amor não de bagatelas disponíveis nas esquinas.
-Dora Vitoriosa-
..........................................
Vivemos num duelo constante dentro de nós mesmos e geralmente mascaramos tais sentimentos para não parecermos fracos diante de uma sociedade por vezes hipócrita que não paga nossas dividas. Não conseguimos liberar o Teseu que há em nós e alimentamos o minotauro e suas máscaras mortíferas que rasgam e faz sangrar inexoravelmente a alma. Criamos com isso uma espécie de subterfúgio e viajamos para mundos onde lá vivemos o ápice de sermos aquilo que nossa realidade nos impossibilita... Somos reis, rainhas...

Não vejo outro sentido na vida além de amar...AMAR...AMAR...

Amar a família, o trabalho, os amigos...aquela pessoa especial...
AMAR e AMAR...
Eu te amo! É o que eu diria se ele estivesse aqui.
O vento levará minha mensagem ultrapassando todas as barreiras, oceanos, desertos...
-Dora Vitoriosa-
........................................
Ao amor
Quando vier me visitar que venha por inteiro,
detesto metades.
E sobras não me alimentam.
Traga o infinito desejo de ficar
E a certeza de encontrar a paz.
-Dora Vitoriosa-
...............................................
Mundo casto...
Vasto...
Louco...
Pouco...
Engodo...
Real...
Mundo bom.
“E eu digo a mim mesma: que mundo maravilhoso!
(Plagiando Louis Armstrong )”
-Dora Vitoriosa-
..............................................
Hoje eu quero ser a poesia dos amantes e tua boca minha taça de vinho tinto.
Deglutir em goles profundos a vida que emana de teus beijos.
-Dora Vitoriosa-
.................................................

Tamba Tajá

Há milhares anos atrás, na tribo Macuxi, havia um guerreiro forte e corajoso que se apaixonou por uma linda jovem de sua aldeia. Ela lhe correspondeu tão nobre sentimento e passadas algumas luas, uniram-se em matrimônio.

Casal tão apaixonado nunca mais existiu. Passavam sussurrando juras de amor baixinho, um para o outro. Mas eis que um dia, um estranho mal se acometeu da indiazinha, tornando-a paralítica. O índio Macuxi, para não separar-se de sua amada, teceu uma tipóia e a carregava em suas costas. Mas apesar de tantos cuidados e carinhos, ela não resistiu à enfermidade e morreu.

O guerreiro foi então à floresta e cavou um buraco à beira de um igarapé, enterrando-se junto com sua adorada esposa, pois sua vida não tinha mais sentido sem ela.

Ao cair de algumas e chegando a grávida Lua Cheia, da sepultura brotou uma delicada planta, uma espécie desconhecida para os mais entendidos índios Macuxis. Era a Tamba-tajá, planta de folhas triangulares, de cor verde, trazendo em seu verso outra folha de tamanho reduzido, onde visualizava-se um bordado de um desenho que parecia-se com o desenho de um órgão sexual feminino. A união das duas folhas, representava o grande amor do casal que nem mesmo a morte conseguiu separá-los.

Fonte: http://lendasamazonicas2.freewebspace.com

Eu sempre fui apaixonada por lendas, pelo fascínio que elas exercem sobre a psiqué humana. A lenda de Tamba Tajá tem uma particularidade toda especial para mim. Minha vida quase toda eu vivi no Amazonas e cada dia mais eu me encantava com suas histórias, seu povo, seus costumes. Fecho os olhos e posso sentir o cheiro delicioso das comidas de lá. Hum...! Delicia...!

Um beijo grande a toda Região Amazônica!

-Dora Vitoriosa-

Ode à bunda dura

Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário? E, só pra piorar, tem a bunda dura? Pois então, mulheres assim são um um porre. Pior: são brochantes.

Sou louca? Despeitada? Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?

  • Escova toda manhã. A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar-se no padrão "Alisabel é que é legal". Burra.
  • Na moda: estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS! O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar "desarrumada" nem enquanto tiver transando. É capaz até de fazer pose em busca do melhor ângulo perante o espelho do quarto. Credo.
  • Sorriso incessante: ela mora na vila do Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipática com orgulho-só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás, ela nem sabe o que a palavra significa, coitada.
  • Bunda dura. As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão. Bebida dá barriga e ela tem HORROR a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece! Melhor convidar o Jorjão.

Pois é, ela é um tesão. Mas não curte sexo porque desglamouriza, se veste feito um manequim de vitrine do Iguatemi, acha inadmissível você apalpar a bunda dela em público, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps. Que beleza de mulher. E você reparou naquela bunda? Meu deus...

Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilos a mais, mas é uma ótima companheira de bebedeira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas adora sexo. Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema).
Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade. Nem pra dela, nem pra sua.

Ailin Aleixo

@->- Casinha dos amigos

Em construção com previsão de conclusão para breve...

A idiotice é vital para a felicidade

" Gente chata essa que quer ser séria, profunda, visceral. Putz, coisa pentelha! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado do Schopenhauer?

Deixe a urgência para as horas em que ela é inevitável: mortes,separações, dores. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota. Ria dos próprios defeitos, tire sarro de suas inabilidades. Ignore o que o boçal do seu chefe proferiu. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele. E nada pessoal também. Pior o Michael Jackson!

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, objetivos claramente traçados mas não consegue rir quando tropeça? Que sabe resolver uma crise familiar mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana?

Quanto tempo faz que você não vai ao cinema, não joga video-game, maçã do amor no circo ou parque de diversões nem se fala. Também valem beijo no portão, amasso no carro, essas coisas. Sim, porque é bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E aí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar?

Em suma: desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas a realidade já é dura; piora se for densa. Dura e densa, ruim. Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não se descontrolar, não demonstrar o que sente, não chorar nem comer danoninho, não andar descalço. É muito não. Dá prá ser feliz com tanto não?

Pagar as contas, ser bem-sucedido, amar, ter filhos, saber beber, levar a gata pra jantar e depois pro motel, resolver os seus pepinos e os abacaxis dos outros, dar atenção ao tio doente e lembrar do seguro do carro que vence amanhã - tarefa brava. Piora, muito, com o peso de todos aqueles nãos.

Tenha fé em uma coisa: dá certo ser adulto e idiota. Aliás, tudo fica bem mais fácil ser for regado a idiotice, bom humor e muitas gargalhadas. Manuel Bandeira foi um grande homem e um grande poeta. Disse certa vez: "E por que essa condenação da piada, como se a vida fosse só feita de momentos graves ou só nesses houvesse teor poético?".

Estava certo. E viva a abobrinha!!! Empine pipa!!! Adultos podem (e devem) contar piadas, ir ao fliperama, passear no parque, gostar dos Simpsons, beliscar a bunda da mulher, sair pelados pela cozinha e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha, pra começar. Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que são, passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou fingir um sorriso que acaba trazendo outros verdadeiros e de repente tudo está fluindo bem, a seu favor - então o sorriso se torna grande.

A briga, a dívida, a dor, a mágoa, a dúvida, a raiva, tudinho vai passar, então pra que tanta gravidade? Já fez tudo o que podia para resolver o problema? Parou, chorou, respirou fundo, comeu chocolate e pediu arrêgo?

Ótimo, hora da idiotice: entre na Internet, jogue pebolim, coma um churrasco grego, vá por um caminho diferente, cantarole no trânsito! Tá numa de empinar pipa no sábado? Vá. E suje a roupa na grama, por favor. Quer conversar com sua namorada imitando o Pato Donald mas acha muito boçal? E é, mas e daí? Você realmente acha que ela vai gostar menos de você por isso? Ela não vai, tenha certeza. Só vai gostar mais, porque é delicioso estarmos com quem sorri e ri de si mesmo. E não se surpreenda se chegar em casa e a encontrar fantasiada de Margarida, só pra variar o clichê champagne - morangos - lingerie.

Eu fico chateado por não ser tão idiota quanto gostaria; tenho uma mania horrível de, sem querer, recair na seriedade. Então o mundo fica cinza e cada lágrima ganha o peso de uma bigorna. Nessas horas não preciso de cenhos franzidos de preocupação. Nessas horas tudo de que preciso é uma bela, grande e impagável idiotice. Aquelas besteiras que o colega ao lado sempre solta. Como sair pra jogar paintball - ou, melhor ainda, me olhar fixamente no espelho até notar como fico feio com os olhos vermelhos e o nariz escorrendo. Como fico ridículo quando esqueço que tudo passa.

E como meu sorriso é bonito! Bom mesmo é ter o problema na cabeça, o sorriso na boca e paz no coração!!!!

Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e, que tal batata frita com sorvete agora mesmo, no happy hour??? Tenha um dia perfeito, uma vida feliz e nunca deixe de ser criança! "

(Ailin Aleixo)

Gosto muito deste texto e a principio fiquei na dúvida atroz sobre a autoria do mesmo, então resolvi pesquisar – coisa que adoro fazer – e não só confirmei a autora como também conheci tantos outros trabalhos dessa mulher exuberante de quem sou grande admiradora. Visitei sites de fãs, de amigos próximos dela, inclusive seu blog. Um fato curioso foi o comentário de um gentil cavalheiro português (me refiro desta forma porque tenho profundo apreço por meus irmãos lusitanos e um em ESPECIAL) sobre o equívoco que fazem com o trabalho de Ailin Aleixo e outro autor também brilhante e muito competente.

Saúde, amor e paz pra você!

Dora Vitoriosa.