Esperanças que se renovam!

Mais um velho companheiro, que deu tudo por nós, está se despedindo. 2013 nos viu chorar, sorrir, soluçar, suspirar. Ele tentou de tudo e realizou algumas coisas pra nós. Querido ano velho, a você, minha eterna gratidão. O que você não realizou não importa. A torcida é camarada!!! Agradeço-lhe pelos calços e percalços da vida. Eles me impulsionaram adiante. Consegui, poucas vezes, mas consegui: admirar a madrugada conservadora mesclando-se ao éter vermelho, ainda tímido, que  prenunciava a manhã renovadora... Escutei os pássaros, beijei o beijo das ondas de espuma com a areia da praia! Banhei-me ao luar, enquanto escutava a queixa da areia úmida tocada pelos meus passos de esperança. Contemplei a política dos homens e me envergonhei de sua pequenez... Outras vezes, vasculhava os céus procurando algo, e subitamente, me envergonhava da minha pequenez ante o onipotente e onipresente Criador. Curiosamente, sentia que ele não se envergonhava de mim. Até pelo contrário, demonstrava uma paciência infinita, de quem tem todo o tempo para nos aguardar. Talvez até me sussurrasse através da brisa, que eu e os políticos, um dia, estaremos juntos diante dele...
Então, querido 2013, você me inspirou, me viu quase desesperar, me ajudou a esperar e aqui estou, já com saudades de ti. Vai com Deus. Vai na paz. Carrega nossa gratidão maior! Beijos!
Agora, vou desejar ao nosso 2014, novinho em folha, que ele chegue de mansinho, trazendo-nos a felicidade definitiva. Definitiva enquanto soubermos o que desejamos. Que possamos entender que ser feliz não é almejar o que não temos, mas, sim, amarmos aquilo que já é nosso e nos foi doado pela Grande Vida. Que choremos de felicidade com o choro do bebê, com o riso dos amigos, com a saída para o trabalho e a volta para o lar. Abençoar aquele copo d'água na hora certa! Curtir a brisa refrescante e a promessa de um novo dia. Rever o sol que nos deixou ontem à tarde. Correr na chuva! Gritar na praia deserta, nadar nas águas de sal, azuis ou verdes... Contemplar a velhice e acreditar que vamos chegar lá! Admirar a juventude e dizer que viemos dali... E, o mais importante: Jamais esquecer de dizer "eu te amo!" para quem está em nossa casa!
Em tempo: A casa de Deus  também é a nossa casa. É bom dizer a Ele, todos os dias: "Eu te amo, meu pai sublime e misericordioso!" E se você não acredita, se é ateu, não tem importância. Diga à Natureza o quanto ela é linda!
A VOCÊ, QUERIDO (A) AMIGO (A), UM FELIZ ANO NOVO, COM TUDO DE BOM PARA TODOS NÓS!

(Adilson de Freitas)

Feliz Natal e Próspero 2014!


A todos que visitaram este o blog (lotusmagia), eu desejo sinceramente que o espírito natalino brote em seus corações, preenchendo cada lacuna de acordo com a sua necessidade e acrescento ainda: saúde, amor, paz e harmonia!
Que o ano de 2014 seja um ano de grandes realizações na vida de cada amigo ou amiga (que dedicou um pouco do seu tempo lendo nossas postagens) e suas respectivas famílias!

Beijo com carinho e respeito cada alma gentil!

Um cordial abraço,

Dora.

@->- Então é Natal...

 Imagem: www.osmais.com 

Comemoramos  nesta data o nascimento de Jesus, o Salvador, repetimos o gesto dos Reis Magos guiados pela estrela, saindo do leste para adorarem o Rei dos Judeus levando com eles ouro, incenso e mirra.
Analisando o importante fato eu me debruço sobre a mesa e começo a pensar na figura desses homens, o momento do acontecido e principalmente na pessoa de Jesus. Se estivermos tentando repetir o gesto eu não poderei desejar “Feliz Natal” apenas como uma citação poética ou repetir a frase como tantos fazem – da boca pra fora. Quantas vezes eu deixei de lado a pessoa de Jesus quando fui capaz de mentir, trair, enganar, matar, roubar...
- Quem foi Jesus e quais foram seus ensinamentos? - Um homem simples, justo, capaz de perdoar, amar independentemente do status de cada um.
Nos presentes dos Reis Magos estariam também o coração deles ou foi simplesmente um gesto banal que satisfez os curiosos e concomitantemente aumentou os lucros do comércio local?
Minha casa está decorada em vermelho e branco para este momento lindo. O vermelho representa o poder, força, paixão, energia, excitação. O branco por sua vez significa a paz, pureza, inocência, otimismo... a luz pura vinda do sol  - visível por um prisma segundo  Isaac Newton.
A mesa está farta e há comida e bebidas para todos, porém durante o ano inteiro eu vi crianças famintas, famílias desabrigadas, mendigos nas calçadas, meu vizinho doente sem dinheiro para comprar seus medicamentos... Bom, isso não é problema meu. O governo deve ampará-los, pois não vim ao mundo para consertá-lo.
Voltemos à pessoa de Jesus e me questiono sobre o Natal... Como Jesus reagiria se eu o encontrasse em pessoa neste exato momento?
Bem, hoje é Natal e amanhã será outro dia. Meus presentes já estão todos comprados e cada um que se preocupe em agregar os valores que lhe convêm. Se eu não der presentes aos meus colegas de trabalhos eles dirão que sou sovina, meus filhos ficarão tristes, meus amigos não me convidarão mais para sua ceia. Que viva o Natal! 
Quanto ao espírito natalino depois eu irei à igreja e estaremos quites, Jesus!
-Dora Vitoriosa-


Não Perca



Perca a batalha, mas não desistas da guerra.
Perca a coragem, mas não perca a vontade de lutar.
Perca a paciência, mas não perca a sua dignidade e segure-se.
Perca o amigo, mas nunca a amizade.
Perca o medo, mas não a prevenção diante dos perigos.
Perca o sono, mas não a vontade de repousar.
Perca as esperanças, mas não a confiança em Deus.
Perca o bom senso, mas não fique ridículo.
Perca o humor, mas não a vontade de sorrir.
Perca o caminho, mas não a direção da sua vida.
Perca o emprego, mas não a vontade de trabalhar.
Perca o medo de amar, errar é aprender.
Perca o medo de falar, alguém vai te ouvir.
Perca o medo de ser feliz, arrisque-se.
Perca o medo de dizer o que sente, ninguém vai descobrir se você não falar.
Perca a fé, mas nunca a certeza de que Deus existe e é seu amigo sempre.
Perca o rumo de sua vida, mas encontre-se.
Perca um dia de sua vida, mas nunca a sua vida inteira.

(Paulo Roberto Gaefke)

@->- O Cavaleiro da Torre

Créditos da imagem: Free Art

O sol já despontou sorridente
As águas acetinadas do lago encantado
brilham convidativas à contemplação
das espécies
O Cavaleiro sem armaduras,
espada ou flor de lis
visita tulipas, colhe margaridas
e cravos coloridos
Ele pensa... Sonha...
Rir solitário na caminhada bucólica
É sempre primavera
em sua alma Saí andorinha (azul)
Na primavera das folhas
ele rompe o silêncio
cantarolando uma melodia
um Blues, talvez um flamenco
Seu coração é um labirinto
onde o prêmio da feliz amazona
está selado com plutônio
guardado no infinito azul
Quando a noite beija sua pele
ele repousa seu corpo esculpido
por deuses no ato supremo do amor
sublime
Adormece...

Em sonhos...
beija sua Hipólita dourada
do sol agreste
e campinas verdejantes.

-Dora Vitoriosa-

@->- Delírio Noturno


 A música suave...
O abraço apertado.

Eu danço nas pontas dos pés...

Somos os acordes perfeitos
da melodia completa.
Opostos que se atraem.
O amor sem medidas
dissipando incertezas.

Somos o riso
da criança contente
em dia de Natal.

A primavera das folhas.
A luz nas trevas do adeus.

O brilho das estrelas
guiando navegantes
de volta ao lar.

Somos a inspiração poética
narrada em verso e prosa.

O efeito do vinho no sangue dos amantes...
O ardor das paixões avassaladoras..
A entrega latente de corpos em chamas...


Somos a felicidade
inveja de muitos.
Somos o sonho...
...
...

... desfeito.

-Dora Vitoriosa-

Serenata


Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.


Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.


Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.


Cecília Meireles

A ponte do Possível

Imagem: google imagem

Não se perca lamentando o que foi, e principalmente o que não foi.
Nem fique procurando culpados pela situação atual ou do passado.
Nada mais pode influenciar o seu futuro de maneira negativa,
do que ficar nas lembranças do passado.
Hoje é o dia certo para tomar a decisão de crescer,
de recomeçar, de reaprender a lição amorosa da vida.
-Quem se conhece e se respeita, não conhece a solidão.Procure agora levantar tudo o que existe de melhor em você.
Junte tudo, ainda que sejam os caquinhos de um coração ferido.
Levante a cabeça, respire fundo e compreenda:
- Você é a pessoa certa para o mundo de muitas pessoas.

E nesse exato instante, em que você se levanta,
Deus levanta outra pessoa, ainda que do outro lado do mundo,
que pode precisar demais de você, da sua companhia,
da palavra doce e amiga que só você sabe dar.
E assim, entre o que você é e o que deseja ter,
Deus estabelece um ponte do possível, e apenas lhe pede:
- Tenha forças para atravessar.
O mundo inteiro quer te abraçar.

Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke

Recomeçar

Imagem: google imagem

Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário "Recomeçar".

Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.

Chorou muito?
Foi limpeza da alma.

Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os outros.

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora.

Pois é!
Agora é hora de iniciar,
de pensar na luz,
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,
ou aquele velho desejo de aprender a pintar,
desenhar,
dominar o computador,
ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio.
Quanta coisa nova nesse mundão
de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho?
Besteira!
Tem tanta gente que você afastou
com o seu "período de isolamento",
tem tanta gente esperando apenas um
sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem
nós mesmos nos suportamos.
Ficamos horríveis.
O mau humor vai comendo nosso fígado,
até a boca ficar amarga.

Recomeçar!
Hoje é um bom dia para começar
novos desafios.

Onde você quer chegar?
Ir alto.
Sonhe alto,
queira o melhor do melhor,
queira coisas boas para a vida.
pensamentos assim trazem para nós
aquilo que desejamos.

Se pensarmos pequeno,
coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.

Joga fora tudo que te prende ao passado,
ao mundinho de coisas tristes,
fotos,
peças de roupa,
papel de bala,
ingressos de cinema,
bilhetes de viagens,
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora.
Mas, principalmente,
esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida,
para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis,
somos sempre capazes de amar
muitas e muitas vezes.
Afinal de contas,
nós somos o "Amor".

Paulo Roberto Gaefke

Não sou aquela maçã perfeita

Imagem: google imagem

Não sou aquela maçã perfeita lá no topo da árvore, tive quedas na vida que já me machucaram bastante...
Já fui mordida quando não merecia, já tive que amadurecer muito rápido, já tive pragas em minha vida, já fui apanhada de surpresa por mãos ruins, já caí em galhos podres.
Apesar de ter tido estações ruins, de ter vivido tempos difíceis, de ter enfrentado dias secos e de ter suportado muitos tombos, eu não apodreci! Muito pelo contrário, criei defesas em mim.
Aprendi que estar no topo não é exatamente o mais sensato. porque ter plantado novas sementes em mim e ter aprendido a colher novos frutos na vida, me ensinaram muito mais. Agora eu posso optar em colher e não esperar ser colhida. Para muitos o topo é mais importante, mas pra mim, as raízes são mais fortes, porque foram com os pés no chão, que eu aprendi a escolher melhor os meus frutos.


Keila Sacavem

@->- Amor Felino


De repente ele chega
Sol a pino
No meio da noite
Não importa
Sem suas insígnias
Um homem comum
Voz macia
Andar felino
Imagem coletada no facebook
O macho perfeito
Carícias estonteantes
Olhar sagaz
Toque arrebatador
Ele conhece bem
Cada ponto demarcado
de sua área favorita
Seu cheiro incomum
Ele rir... Seduz... Inflama...
O universo explode
Em chamas ardentes
Na alcova dos amantes
Viagem ininterrupta
Clímax...
Colisão de asteroides
Estrelas cadentes
Ele dengoso sussurra
Ama... Afaga...
As sedas do tempo
desabrocham...
Ele vai embora
outra vez...


-Dora Vitoriosa-

@->- Pássaro livre


Não. Ele não é inconstante
É um pássaro livre
Com necessidade de voar
Vejo-o alçar voo (não admiro)
Mas estou convicta da sua volta
Meu pássaro guarda mistérios
Que eu mesma desconheço
Ele escala montanhas
Conhece as estrelas - fala com elas
Faz acrobacias nas nuvens
Dança no espaço
Enfrenta ventos e tempestades
Toma banho de cachoeira
Colhe raios de sol
Beija a noite fria
Namora o acaso
Aquece lençóis...
Ele avança... Segue... Recua...
Volta.
Eu não construí gaiola
Preparei um jardim
Ele sabe... Confia...
Never is never...

-Dora Vitoriosa-

@->- Dia Negro

Obra: Mulher deitada = Liliane Brescia
www.elo7.com.br
Não arranquem a minha tristeza
Quero viver cada fase dela
Até romper as correntes
Que prendem o meu espírito
Outrora livre e sonhador
Na ausência de cores
É também uma forma de me encontrar
Eu preciso deglutir cada gota marga da dor
Que rasga minha alma solitária
Quero suspirar profundamente
Sangrando, não sei se vivo ou morro
Faço de cada vã palavra-chave
Intercalada nos versos dele
Amor efêmero...
O meu acalento em dias negros
Depositar nos braços de Zéfiro
Meus versos tresloucados
Sussurrados...
De um coração partido em mil pedaços
Quantos oceanos... 
Além das estrelas – talvez
Eles percorreriam até chegar
Ao destino exato – minha vida além-mar
Nos meus “ais” maldigo meu insano viver
E as trapaças do cruel Fado
Meu riso é torto, vago, confuso...
Sem cores, sem chão...
Esmoreço sob o lençol da apatia.


-Dora vitoriosa- 

@->- O Lago dos Amantes

Imagem: google imagem

Embriagados pelo vinho
e desejo ardente
Amantes se dão sem medidas
na relva amiga
cúmplice da paixão avassaladora
A lua distante
testemunha ocular
abençoa os momentos
do êxtase conjugal
Corpos em chamas...
Sussurros...
Palavras sem nexo...
Estão surdos...
Nada ouvem além das juras
de amor eterno
Côncavo e convexo
Tantas noites iguais...
Sob o brilho das estrelas
Recitam poemas... trocam carícias...
...mais uma taça de vinho tinto...
Esculpidos na grande pirâmide
Vigiados pela estrela do norte
Divagam na ânsia do querer mútuo
Entre beijos quentes
Abraços apertados
Eles sonham... Amam...
...
...
...

Silêncio...
O lago chora a ausência dos amantes...
O bosque já não é mais o mesmo
foi tragado pela bruma fria
a lua solitária escondeu sua face
a natureza também petrificada
chorou... I miss them!

-Dora Vitoriosa-

@->- A Dança do Amor


Ela incita
Ele chega
Eles brincam

Ele pergunta
Ela nega
Eles brincam

Ele pergunta
Ela mente
Ele foge
Ela chora
Eles brincam

Ela acena
Ele cala
Eles não brincam

Seguem separados...

O orgulho
dá frutos amargos.


-Dora Vitoriosa-

@->- Juntando Pedaços

Imagem: Google imagem


Refazes tuas tranças
Cura tuas feridas
Mulher guerreira
Entra na dança
Abate teus males
Ergue tua cabeça
Retoca a maquiagem
Vês de cima – rir
O cavaleiro sem armas
virou sapo outra vez
Lamaçal de mentiras
Brincando de amar
Fingiu...
Traiu...
Partiu...
Ganhou peso, morreu.
Avante, menina linda!
Conserva tua alma
sonhadora
Teu coração
bondoso
Outro amor virá
Amor inteiro
Verdadeiro
Amor derradeiro.

-Dora Vitoriosa-

@->- Horas Noturnas


Briguei com Gil Vicente
Ambiente frio e tenebroso
A barca partiu sem mim
Abracei Camões
Na embriaguez desmedida
Afogamos nossas dores
À beira de um lago
De águas cristalinas
Créditos da imagem: Google imagens
Desolada...
Minhas lágrimas rolaram
Como nascentes desgovernadas
De um rio caudaloso
Vega tão próxima e silenciosa
Ouviu minhas queixas
Sobre a velha ponte de madeira
Meu corpo abatido
A alma ferida... Gritei...
O travesseiro molhado
A dor culminada
Tremulando no amargo vazio
Procurei em vão
O ardor falecido
No instante inexorável do “adeus”
Fim do V ato.

-Dora Vitoriosa-

Estou vivo?


Estou vivo?

Posso respirar
Posso sentir

Posso saborear
Mas o ar não enche meus pulmões
Todas as texturas são ásperas
E os sabores, sem graça

Estou vivo?
Imagem;Google imagem

Posso ver
Posso ouvir
Posso perceber
Mas o mundo é preto e branco
As vozes soam metálicas e fracas
O que percebo é confuso e fora de lugar

Quando você está comigo
O ar se precipita em meu ser
Me enche de luz
E felicidade
Sinto-me vivo!

O mundo é cheio de cores e sons
Os sabores seduzem meu paladar
Tudo é macio e fragrante
Percebo o calor de sua presença
Sei quem eu sou e o que quero

Eu quero você.

-----Ren------


O Resgate do Tigre = Colleen Houck

Pág. 358-359

@->- O Pássaro Azul


In Construção

@->- Na solidão do meu quarto

Imagem recolhida da internet


Na solidão do meu quarto

Sem nuvens, sol, estrelas ou lua...
Tenho apenas quatro paredes
E a tristeza que me devora.


...
...
...
...
...
...
...
...


Alguém viu meu amigo – O Pássaro Azul?
Por favor, conte-me como ele está.
Eu preciso urgentemente saber se ele está feliz.
Nada mais importa.



-Dora Vitoriosa-

@->- Tarde cinza



Uma gaivota solitária
Rasga o céu cinzento
Batendo suas asas já cansadas
Vês!
Aí de cima livre ave
A dor que me consome
Tarde chuvosa
Solidão avassaladora
Aqui desolada
Não vejo a azul do céu
Que de mim se escondeu
Nem o azul do meu Pássaro
Que não és tu
Segue teu destino
Se encontrares o Pássaro Azul
Diga-o que sinto saudades
Não o toque
Não o beije
Sou uma mulher ciumenta

-Dora Vitoriosa-



@->- Impossibilidades...

Imagem recolhida da internet


Da janela ela contempla a chuva cair sobre a relva, enquanto alguns pássaros voam livremente sob o céu cinzento desafiando as forças do vento sul para chegar à casa que os espera.
Com uma taça de vinho tinto nas mãos ela pensa no seu Pássaro Azul que provavelmente anseia por sua chegada à beira do lago onde costumeiramente se encontram. Cada gole deglutido do néctar dos deuses desce como lâminas de aço cortando seu coração, dilacerando sua alma, e seus pensamentos divagam no incontrolável desejo de chegar ao lago... Ela necessita encontrar uma forma de driblar as forças na natureza para ter a felicidade (ainda que por alguns instantes) de estar ao lado do seu amigo Pássaro Azul. Ela sabe que está lá...


-Dora Vitoriosa-

@->- Amor Velado

No meio da noite
sem aviso ou pressa
Imagem colhida da internet
ele chega
Levanta os lençóis
Na alcova misteriosa
planta a vida.
Um deus alado
Sussurra...
Ama...
Inflama...
O toque ousado
das mãos macias
Deixa em brasas
o corpo da amada
O beijo molhado
ruboriza de inveja
outros deuses iguais
Na calada da noite
ele sai...
Foge sem deixar marcas
Sonho ou realidade...
Amor velado
Eros e Psiquê


-Dora Vitoriosa-